EXPOSIÇÃO: UNIVERSO DO SKATE E SURF INVADEM O MAR COM MAIS DE 50 ARTISTAS

Capa da revista Vista edição 50  ilustrada por Dea Lellis(Foto: Dea Lellis / Divulgação)
Capa da revista Vista edição 50 ilustrada por Dea Lellis(Foto: Dea Lellis / Divulgação)

Fernanda Abreu consagrou a capital carioca como o “Purgatório da Beleza e do Caos”, mas, o Rio 400 naturalmente é tomando por uma atmosfera esportiva, pensando em tudo isso, as salas do Museu de Arte do Rio (MAR) abre a exposição “Deslize <Surfe Skate>”. A mostra apresentará ao público uma perspectiva da história do skate e do surf desde 1778, através de 120 obras, entre fotografias, pinturas, objetos, desenhos, vídeoinstalações, e outros suportes.

Os amantes do surfe e do skate poderão “flipar” ou dar uma “rasgada” e ver de perto, por exemplo, parte da coleção de pranchas do ícone nacional Rico de Souza, além de objetos relacionados ao skate de Eduardo Yndyo, um dos maiores colecionadores do Brasil. Estarão expostas as obras do australiano Shaun Gladwell e do paulistano Fabiano Rodrigues, e uma pista de skate será montada nos pilotis do MAR para contemplação daqueles que curtem os esportes radicais.

Os grafiteiros Artur Kjá e Fábio Birita também fazem parte da mostra. Eles farão uma intervenção que começa na rampa de saída do museu e se estende até a bilheteria. “Deslize <Surfe Skate>” fica em cartaz até o dia 27 de abril. A exposição conta com mais de 50 artistas e tem curadoria de Raphael Fonseca.

Olhar do Curador

O artigo abaixo, assinado pelo curador Raphael Fonseca, define a exposição que, pela primeira vez, ganhará o entorno do museu:

“Em um jornal de 1971, vê-se um homem com as pernas flexionadas e o tronco projetado para frente. Abaixo de seu corpo, uma prancha e a espuma do mar. “No deslize, a sensação da vertigem”, diz a legenda que acompanha a fotografia. O nome da matéria? “E as ondas foram domadas”. Se folhearmos outras publicações do mesmo período, também nos depararemos com tentativas de dominar a geometria de concreto. Andava-se de skate nos corrimões de prédios comerciais, em condomínios fechados e em piscinas vazias que eram vistas como espaço potencial para novas manobras.

Surfe e skate são o norte e o sul desta exposição. Ambos os esportes são vistos em uma perspectiva histórica, mas sem a pretensão do esgotamento. Informações e imagens foram selecionadas a partir de um arco temporal que vai de 1778, quando são feitos os primeiros desenhos dos habitantes do Havaí a surfar, até discussões públicas sobre o lugar dessas atividades no Brasil.

Coube refletir sobre a dimensão artística suscitada por essas diferentes formas de explorar o espaço. Seria possível afirmar que alguns artistas têm uma relação existencial tão forte com o surfe ou o skate a ponto de os eleger como elementos centrais de sua linguagem? Parece que sim.

Além de situações em que a dança dos movimentos aparece em sua literalidade, outras proposições artísticas lidam com a visualidade de modo mais transversal; prancha e shape podem ser vistos como formas escultóricas, assim como as ondas do mar e sua espera são ladeadas pela ruidosa disseminação de papéis colados pelas superfícies das cidades. O olhar também pode ser lançado para aquele que opera: quem são esses skatistas e surfistas? Haveria espaço para representações multiculturais dos arquétipos? Como interpretar os diversos autorretratos aqui em diálogo?

É importante lembrar, por fim, de algumas palavras ditas pelo skatista e colecionador Eduardo Yndyo: “Tudo que desliza fascina, quando o deslizar pode ser controlado, aí apaixona”. Fascinemo-nos, portanto, por estas narrativas e tentemos controlá-las em nossas memórias até experimentarmos a única certeza de qualquer deslize: a queda.

Raphael Fonseca

Curador”

Serviço:

Data: De 14 de janeiro a 27 de abril de 2014.

Horário: Terça-feira, das 10h às 19h. Quarta a domingo, das 10h às 17h. Aberto aos sábados, domingos e feriados. Fechado às segundas-feiras

Preço: Ingressos R$ 8,00 / R$ 4,00 (meia-entrada)

Endereço: Praça Mauá, número 5, Centro

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s