CASA DE CRIADORES DAY III: COLEÇÕES, BICHOS, VIAGENS E MUITAS CORES APARECEM NO ÚLTIMO DIA

bRADO

A Brado, de Thiago Bernardo, apresentou uma coleção inspirada no movimento urbano com malhas assimétricas, em tons de cinza. Suas inspirações arquitetônicas em couros pretos, brancos e vermelhos com transparências e cortes desconstruídos. Cacau Francisco trabalhou a ideia do masculino X feminino. A estilista mostrou peças de modelagem feminina vestida por homens na passarela. Com uma coleção toda em preto e branco o estilista Fábio Lima Malheiros trabalhou com formas amplas em looks de alfaiataria, malha e tricô. Flávia Ventura leva a passarela uma coleção de formas emboladas e com muitas misturas de materiais, algumas até esculturais. A Nosotros mostrou uma coleção toda em caqui, vermelho e preto que lembrou o oriente. Thiago Bernardo desfilou looks em branco, preto e vermelho mostrando uma mulher austera e poderosa.

Looks Cacau Francisco
Looks Cacau Francisco
looks Fábio
O masculino de Fábio Lima Malheiros
Os looks esculturas de Flávia Ventura
Os looks esculturas de Flávia Ventura
Looks Nosotros
Looks Nosotros
Looks Thiago Bernardo
Looks Thiago Bernardo

No line up oficial da Casa de Criadores, Karin Feller deu o start do último dia com uma coleção super usável, Karin se inspirou no esporte do colecionismo. “Todas as estampas são uma repetição de um elemento que forma uma textura”, disse a estilista. Karin tem as suas preferidas, que mostra com força na coleção: gatos e borboletas. “Gatos são os bichos da vez. E quem tem um gato, tem sempre mais do que um, falo por experiência própria”, completa. Por cima de vestidos soltos, a designer coloca peças de tricô cinza e calçados poderosos. Nos tecidos, ela recorre a tapeçarias nos casacos e materiais reciclados para criação de peças confortáveis e muito desejáveis.

Karin Feller
Karin Feller

A Juss para o Inverno 2014 mostrou a coleção Troca de Pele. “Do bicho e do ser humano”. Para isso, a estilista, Juliana Souza revisitou estampas suas antigas e ainda usou padrões com um desenho de um esqueleto humano e, claro, muito animal print. “E da minha própria pele; estou há oito anos no evento e acho que é hora de trocar de pele. Eu já troquei uma vez, era publicitária e agora sou designer”, acrescenta. Em termos de materiais, Juss usa uma tapeçaria que parece bicho, camisetas bordadas à mão e tecidos que podem ser usados frente e verso.

Juss
Juss

Como já tínhamos divulgado, Fernando Cozendey (que AMAMOS) soltou os felinos na passarela. Teve Pantera Cor de Rosa, mulher-gato, Cruela Cruel, leões com franjas que representavam a sua juba, e pumas, todos com chapéus com orelhinhas. Confeccionada exclusivamente com tecido elástico.

Fernando Cozendey
Fernando Cozendey

Walério Araújo encerrou o evento com uma coleção que tem sua primeira escala no continente africano, com tecidos cor terra e estampas de bicho. Depois seguiu para a Grécia, momento em que usa bordados em forma de uvas e estamparia digital com imagens referentes à Grécia antiga. Sua viagem dos sonhos termina na Índia, com materiais dourados e coloridos.

Walerio Araújo
Walerio Araújo
Fotos: Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s