NOVO DRAMA: ABERCROMBIE & FITCH BANE A COR PRETA E IMPEDE JOVEM DE USAR O HIJAB

abercrombie

A Abercrombie & Fitch virou expert em branding negativo, depois de ter a cor preta completamente banida das peças. Segundo a assessoria, Michael Jeffries, CEO da Abercrombie, declarou que “A Abercrombie & Fitch não vende peças pretas e não encoraja funcionários a vestirem tal cor. Isso não faz parte do lifestyle da marca”.

A marca americana terá que se explicar mais uma vez para a justiça dos Estados Unidos, desta vez porque uma jovem muçulmana que trabalhava na rede em uma loja na Califórnia foi proibida de usar o hijab, o tradicional véu usado pelas mulheres desta religião.

Segundo a revista “People”, a moça conseguiu uma vitória legal em denúncia de discriminação contra a empresa, e com essa proibição, na época, chegou até ser demitida do cargo que ocupava. Segundo a nota, o gerente da loja onde ela trabalhava mostrou o código de vestimenta dos funcionários e o véu era um dos itens proibidos. A vendedora entrou na justiça alegando que a política interna da rede era muito injusta. Causa ganha, claro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s